Ela pensou que estava grávida de quintuplos, mas teve uma surpresa quando foi ao médico

0


Paul Servat, de 35 anos, conheceu Barbara Bienvenue, 37 anos, na internet durante o último verão do hemisfério norte. Em setembro de 2016, dois meses depois do início do namoro, Barbara comunicou que estava grávida.

Sua barriga não parava de aumentar e a quantidade de filhos começou a crescer, de gêmeos até quíntuplos. Amigos e empresas der Montreal começaram a doar móveis para abrigar tanta criança e outros presentes úteis.

Mas, quando chegaram ao hospital, os médicos disseram que não haveria parto nenhum pois ela não estava grávida. A vida dos dois ruiu por completo, Servat entrou em depressão e Barbara passa por avaliação psicológica.

Esse homem de Montreal, que acreditou durante meses que iria ser pai de quíntuplos, teve seu sonho desfeito pelos médicos depois que a sua namorada Bárbara tinha sido admitida no hospital.

Segundo o jornal Toronto Sun, o hospital elaborou um estudo sanguíneo de Barbara para mostrar a Servat que ela nunca esteve grávida.

Barbara Bienvenue está agora passando por uma avaliação psicológica e acredita-se estar sofrendo de “pseudocyesis, ou uma falsa gravidez, como é popularmente conhecida.

A falsa gravidez é a crença de que a mulher está grávida mas na realidade não carrega nenhum feto em crescimento.

Servat está desolado. “Ela me deixou escolher os nomes das crianças”, disse à QMI de Montreal, em declarações que foram feitas no quarto de bebê de sua casa, onde cinco berços adornados esperavam o quinteto, que acabou por não chegar. “Perdi tudo, perdi toda a minha vida”, declarou

Servat contou que a história da gravidez de Barbara durou 34 meses e que os dois foram muito felizes durante esse tempo.

À medida que as semanas passavam, Barbara contou a Servat que esperava gêmeos, depois trigêmeos, depois quatro gêmeos e, finalmente, a impressionante notícia de que havia cinco bebês na barriga.

Uma página no Facebook foi criada para documentar a gravidez e, eventualmente, mostrar os presentes que o casal recebeu de seus vizinhos e empresas locais.

Servat disse que a mulher estava tão convencida de que estava grávida que a sua barriga inchou, os seus seios ficaram grandes e com leite e ela ainda teve enjoos matinais.

O desolado homem disse que planeja devolver todos os presentes que recebeu ou doá-los. Ele afirmou que é uma boa pessoa e que não tem nada a ver com mentiras.

Um amigo de Servat contou que Barbara já tinha tido uma falsa gravidez com outro homem em 2010.

Comments are closed.